sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Incerteza


voo
adormecido
no azul do céu
que morre
na chuva
quando chora
que nasce no vento
sem demora


4 comentários:

NUNO disse...

Linda imagem... e lindas palavras...

Rute disse...

" azul do céu que morre na chuva..." Bonita imagem, Clarice. Gostei imenso da foto, há qualquer coisa de grandioso naquele voo!

Beijinhos

Zé o Caçador disse...

... pode ser uma forma de sabedoria, ou um devir sem oráculo...

Remus disse...

V de Vitória...