quinta-feira, 20 de maio de 2010

Olhos nos olhos

... olhar-me
pela janela
e descobrir lá fora
outro pedaço de mim...
transpor as vidraças
perder-me nas sombras
na rua
ao sol
entrar num jardim
colher nos meus olhos
ramos de alecrim
vestir-me de vento
despir-me de mim
e depois
se eu voltar...
respirar
olhos nos olhos
respirar...

4 comentários:

Caçador disse...

Um dia, talvez...

Remus disse...

Duas figuras, duas historias...

Esta fotografia possui uma composição bastante harmoniosa e muito bem equilibrada.
Transmite um certa ideia de voyeurismo.

Clarice disse...

Caçador...:)

Clarice disse...

Remus

Janela indiscreta (Alfred hitchcock)... esteve mesmo para ser o nome desta fotografia:)