quarta-feira, 16 de junho de 2010

Retrato escrito

Vejo o teu nome
quando fecho os meus olhos
leio na pele pedaços guardados
.
do teu rosto lembro assim
dias nublados
que nunca se escreveram até ao fim

1 comentário:

Hellag disse...

que lindo poema Clarice! :)